PATRIMÓNIO NATURAL

Onde a serra e o mar se casam para nos deslumbrar!

A Arrábida é um lugar único, um sitio natural de valor excecional que importa conhecer, valorizar e preservar.
Formada há milhões de anos, constitui um território rico pela sua diversidade natural e cultural, detentor de uma paisagem de extraordinário valor estético.

null

A Serra da Arrábida

A Serra é um espaço com grande influência mediterrânea formando uma barreira entre o litoral e o interior.
O maciço da Arrábida, com 500 metros no seu ponto mais alto, possui as maiores falésias à beira-mar de Portugal Continental.
null

O Mar da Arrábida

Uma área marinha protegida com 52 ㎢ que se estende até ao Cabo Espichel. O “Parque Marinho Luiz Saldanha” apresenta uma elevadíssima biodiversidade, contando cerca de 1400 espécies de animais e plantas marinhas.
null

O Homem na Arrábida

Diversos vestígios que remontam da pré história aos Romanos, da Idade Média à Época Moderna, testemunham uma diversificada ocupação humana ao longo dos tempos e cujo ex-líbris é o “Convento da Arrábida
Vista SerraMar
roselha
Capelas

PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA

A cordilheira da Arrábida define uma área territorial entre Palmela e o Cabo Espichel.

A classificação de “Parque Natural” (Decreto-Lei nº 622/76, de 28 de julho) visou proteger os valores geológicos, florísticos, faunísticos e paisagísticos locais, bem como testemunhos materiais de ordem cultural e histórica.

Parte da área do Parque Natural da Arrábida foi classificada como reserva integral de forma a conservar os aspetos primitivos da sua vegetação e possibilitar a evolução dos ecossistemas.

0
Criação do PNA
0
ha
Superfície marinha
0
ha
Área total
0
m
Elevação

FAUNA TERRESTRE

A Arrábida reúne uma considerável diversidade de habitats que acolhem numerosas espécies da fauna.

Invertebrados

Estão identificados cerca de 650 invertebrados:

106 de aranhas (Classe Arachnida) 445 de escaravelho (Classe Insecta, Ordem Coleoptera)

Invertebrados

61 borboletas (Classe Insecta, Ordem Lepidoptera), 37 de formigas (Classe Insecta, Ordem Hymenoptera) e 4 de tingídeos (Classe Insecta, Ordem Hemiptera).

Vertebrados

Na serra da Arrábida estão referenciadas as seguintes espécies de vertebrados:

12 anfíbios; 17 répteis; 136 de aves; 34 mamíferos

A FLORA DA ARRÁBIDA

Condições climáticas e geológicas privilegiadas favorecem uma flora de tipo mediterrânico.

carrascoSerra

Espécies arbustivas

Carrasco

quercus coccífera

O Carrasco ou Carrasqueiro é uma das espécies vegetais com maior presença na Serra da Arrábida.

É um arbusto ou pequena árvore (até 9m) que cresce espontaneamente nas regiões mediterrânicas. Tem pequenas folhas perenes,  brilhantes e muito duras, espinhoso-dentadas, floresce e dá frutos de maturação bienal (bolotas).
Hospedeiro do inseto kermes vermilio (Planchon) “Grã dos Tintureiros”, de cuja fêmea se extrai a tinta escarlate já usada pelos Romanos.

Julgada extinta, subsiste ainda um pequeno núcleo de “Kermes Vermillio” na região da Arrábida. (ver imagens)
bocaLobo1200

Florística da Arrábida

bocas-de-lobo

Antirrhinum linkianum

morrião grande

 Anagallis monelli

O coberto vegetal da Arrábida é muito rico e diversificado, encontrando-se aqui cerca de 40% das espécies de plantas referenciadas para Portugal continental.

O elenco florístico apresenta algumas espécies únicas e protegidas como a: Withania frutescensLavatera maritima, Fagonia cretica, Orobanche rosmarinaEuphorbia pedroi  e, ainda, várias Orquídeas (Orchidaceae), tendo como exemplos: ophrys fuscaOrchis papilionaceaOphrys lutea …

São espécies mais comuns o alecrim, o rosmaninho, o tomilho, as pascoinhas, o folhado, a urze, a roselha, o narciso

Vegetação - Vertente Norte

Espécies Arbóreas e Matas

Carvalhal

Floresta mediterrânica pré-climática

A diversidade de espécies de porte arbóreo que formam o bosque, ou machial da Arrábida, encontra-se, em grande medida, condicionada pela orientação geográfica da serra.

Na vertente sul ocorrem principalmente sobreirais, zambujais ou alfarrobais, entrecortada por loureiroszimbros, medronheiros, aroeiras

Na vertente norte predominam os carvalhais que atingem o seu máximo esplendor nas matas de proteção total – “Mata do Solitário”, Mata Coberta” e “Mata do Vidal” – Quercus faginea  – subsp. broteroi, quercus rotundifoliaAcer monspessulanum.

Lista de recursos sobre a fauna e flora da Arrábida:

ABRIR

FLORA

FLORA . ON

http://flora-on.pt

ESPÉCIES ARBÓREAS INDÍGENAS DE PORTUGAL CONTINENTAL

www.icnf.pt/portal/florestas

FLORA da SERRA da ARRÁBIDA

www.floradaserradaarrabida.blog…

DIVERSOS

ARRÁBIDA ARQUEOLÓGICA

www.fotoarchaeology.blogspot.pt

ARRÁBIDA PATRIMÓNIO MUNDIAL

Candidatura UNESCO

VÍDEO – SERRA DA ARRÁBIDA

www.youtube.com

EXPLORANDO A ARRÁBIDA

Uma viagem ao Património Natural…

A visita à serra da Arrábida

NATURALMENTE!

Agradece-se a todos quantos são citados neste espaço.

Página web para fins educativos

Dpt. Expressões - AE BBocage

SETÚBAL 2017